NOVA ESPERANÇA DO SUL
Histórico

     Quando os primeiros imigrantes de origem italiana chegaram na localidade, avistaram uma área de topografia plana e estabeleceram-se ai. Devido ao fato de trazerem consigo a esperança de um futuro promissor, denominaram a localidade de "Nova Esperança". Isto ocorreu em 1890, e tudo era ainda mata virgem. Os imigrantes foram abrindo clareiras, plantando e construindo casas, posteriormente Igrejas, escolas e estabelecimentos comerciais.
     As primeiras famílias que se estabeleceram eram oriundas de Silveira Martins e muitos vieram diretamente da Itália, tais como as famílias Gioda, Nicola, Angonese, Frizzo, Vielmo, Cogo, Manzonini, Deponti, Ludati, Dri, Scalan, Brune, Giasso, Florio, Lovato, Tuzi, Poleto, Salbego, Guerim, Marchi, Fontana, Possa, Poza, Disconsi, entre muitas outras, tendo aqui se estabelecido com o comércio, ferraria, e, principalmente, com a agricultura de subsistência, bem como o transporte de produtos coloniais, mais precisamente para a fronteira, com carroças e carretas de frete tracionadas por mulas, cavalos e ou bois. As mercadorias exportadas eram trocadas por produtos de primeira necessidade na colonização.
     Quando Nova Esperança era o 4º Distrito de São Francisco de Assis, em 1900, não havia escola no Distrito. Então, a Igreja de madeira, construída na atual praça de Nova Esperança, serviu de sala de aula, tendo como primeiro professor o cidadão Pedro Poncho, que era pago pelos alunos. No dia 1 de agosto de 1933, pelo Decreto Estadual nº 5380, foi criado o Grupo Escolar Rural, que funcionou na casa particular do então Escrivão Distrital, Sr. Gentil Prestes. Mais tarde, um grupo de líderes da comunidade doou à Prefeitura Municipal de Jaguari um terreno com 2.500 m2, para a construção do prédio da escola. O antigo grupo Escolar Rural hoje denomina-se Escola Estadual José Boninca de 1ª a 5ª séries, através do Decreto Estadual nº 19.818, de 13 de agosto de 1969. No dia 08 de março de 1984, pela portaria de autorização nº 8751, criou-se a Escola Cenecista de 2º grau Nova Esperança.
     O primeiro Sub-Prefeito foi o Sr. Marcos Munaretto e o primeiro Vereador a representar Nova Esperança na câmara de Jaguari foi o Sr. Redencio Frizzo.
     Nova Esperança enfrentou alguns problemas no decorrer da luta emancipacionista, no que diz respeito as suas delimitações geográficas, mas estes problemas foram supridos e Nova Esperança realizou seu plebiscito no dia 20 de dezembro de 1987, obtendo os seguintes resultados:

         SIM...........................  1550 votos

         NÃO...........................    57 votos

         Em branco.....................    14 votos

         Nulos.........................    10 votos

         Total de votos................        1631

         Total de eleitores inscritos..        2085

     Nova Esperança do Sul realmente concretizou os anseios dos antigos imigrantes que viam nesta terra um lugar próspero e fecundo.